Morre Tunga, um dos grandes nomes da arte brasileira

Ele foi o primeiro artista contemporâneo do mundo a ter uma obra no Louvre

Da redação

Publicado em: 06/06/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Tags: , ,

Fotografia de Tunga (Foto: Reprodução)

Um dos principais artistas brasileiros, Tunga, morreu de câncer aos 64 anos, na segunda-feira, dia 6 de junho, às 14h. O artista é conhecido pela sua peculiar obra cheia de simbolismos como ossos, crânios, tranças, dedais, agulhas, dentes, recipientes de vidro e líquidos viscosos. Ele também foi o primeiro artista contemporâneo do mundo a ter uma obra no Louvre. “Fazer arte é juntar coisas”, era uma das frases caraterísticas de Tunga.

O pernambucano radicado no Rio será enterrado no cemitério São João Batista, a pedido do próprio artista.

A instalação Eu, Você e a Lua, de Tunga, abrirá exposição no dia 13 de junho, na seção Unlimited da Art Basel 2016, na Suíça.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.