Mulheres protagonistas

Exposição Amor, no Rio de Janeiro, une obras de 20 artistas do Leste Europeu em mostra sobre a condição feminina

Ana Abril

Publicado em: 10/05/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Obra da exposição Amor (Foto: Divulgação)

Obras de 20 mulheres do Leste Europeu trazem questões sobre a condição feminina contemporânea na exposição Amor, no Oi Futuro Flamengo. Por meio de seus trabalhos, as artistas expressam diferentes prismas do amor, sob a perspectiva feminina, em países da Europa Centro-Oriental, dos Balcãs e da Rússia, ou seja, com um forte histórico comunista. A mostra, inédita no Brasil, abre ao público a partir de terça-feira, 10 de maio, e pode ser visitada até o dia 10 de julho.

Temas como violência contra a mulher, guerra, política e preconceitos são explorados em vídeos, instalações, fotografias e desenhos. Dessa forma, Amor retrata as experiências e as jornadas das artistas dentro e fora da Europa Oriental, com trabalhos da Polônia, Bósnia-Herzegovina, Uzbequistão, Lituânia, Ucrânia, Bulgária, República Tcheca, Estônia e Eslovênia, entre outros países.

A curadoria do projeto é compartilhada entre a polonesa Monika Szewczyk e a brasileira Denise Carvalho. Entre as obras, destaca-se o filme 1395 Days Without Red, de Šejla Kamerić e Anri Sala, em colaboração com Ari Benjamin Meyers Sejla Kameric  (Bosnia e Herzegovina). Protagonizado por Maribel Verdú, o longa-metragem ambientado na guerra na Bósnia retrata a atriz espanhola caminhando por ruas e cruzamentos de Sarajevo.

Também chamam atenção os desenhos de Victoria Lomasko (Rússia). As obras mostram as violências vividas pelas comunidades lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros em clubes na Rússia, muitas vezes perpetradas por grupos locais de extrema-direita. O trabalho de Lomasko é uma resposta à aprovação de uma lei no país que proíbe os grupos LGBTT se relacionarem afetivamente em público, como também qualquer representação ficcional dessas relações.

As temáticas referentes ao mundo individual feminino, como a maternidade ou a sexualidade, se fundem com críticas às políticas públicas ou históricas dos países do Leste Europeu, sempre sob o viés da mulher.

Serviço
Oi Futuro Flamengo
Rua Dois de Dezembro, 63 (Flamengo) – Rio de Janeiro
De 10 de maio a 10 de julho
De terça-feira a domingo, das 11h às 20h

Tags: , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.