Música e forma

Nuno Ramos e Mariana Aydar entram no campo da experimentação de linguagens em show pelo projeto Palavras Cruzadas

Luciana Pareja Norbiato

Publicado em: 09/06/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Detalhe da capa do álbum Pedaço duma Asa, resultado da parceria de Nuno Ramos e Mariana Aydar (foto: divulgação)

Até outro dia, Nuno Ramos nunca tinha assinado cenografia, composto canções e muito menos dirigido um show. Mas nesta sexta (10/6), Mariana Aydar será a primeira a experimentar a condução do artista em cena. Experimentação, aliás, é a palavra-chave de Pedaço duma Asa, novo show e álbum da cantora, com letras, direção e cenografia de Nuno Ramos.

A empreitada aconteceu pelo convite de Márcio Debellian, idealizador do projeto Palavras Cruzadas, que busca cruzar diferentes linguagens artísticas em processos colaborativos. Como define o produtor, “o disco nasce depois de uma trajetória que amplia o que se entende por parceria e composição. Não se trata aqui do tradicional caso de uma cantora que grava um disco homenageando um compositor, mas sim de dois artistas que se ofereceram o lugar do teste, colocaram em diálogo canção e instalação, e pactuaram alcançar toda a potência poética do repertório que criaram”.

No caso das canções de Pedaço duma Asa, o resultado é poderoso. As construções imagéticas que Nuno Ramos imprime em livros como Ó e Junco, além de sua notória obra visual, são o substrato para canções sinestésicas, que transitam além da superfície do som e da palavra. Para saber sobre o visual, é só ir ao Sesc Pinheiros nesta sexta. Os ingressos vão de R$ 12 a R$ 40.

Tags: , , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.