Nino Cais expõe em Nova York

A individual do artista chama-se Don't Turn Off The Light e acontece na Fridman Gallery

Da Redação

Publicado em: 10/10/2018

Categoria: Da Hora, Destaque, Notícias Quentes

The Last Raft (2018), de Nino Cais (Foto: Divulgação)

As obras que o artista paulistano Nino Cais exibe em individual na Fridman Gallery, Nova York, invertem alguns velhos hábitos. No chão de uma sala expositiva está a grande instalação The Last Raft, feita com partes de mobiliário, recipientes de vidro e imagens eróticas antigas. Para ver de perto, o público precisa agachar. A lógica tradicional de uma exposição seria colocar a obra de arte à disposição do olhar de seu espectador, mas é necessário curvar-se diante de The Last Raft, se quiser vê-la de verdade.

A exposição, chamada Don’t Turn Off The Light, também exibe assemblages e um filme. Na série Past, Nino Cais usa camisas abotoadas para acobertar fragmentos de imagens de homens pin-up, sem deixar de mostrar os corpos libidinosos. Se mulheres nuas ou sensualizadas é o que normalmente se vê, especialmente diante de lógicas heterossexuais, a história aqui é outra. E mesmo quando a matéria do trabalho é de fato o corpo nu feminino, como no filme que Cais exibe na individual, a sensualidade é coadjuvante.

  • Past (2018), de Nino Cais (Foto: Divulgação)
  • The Last Raft (2018), de Nino Cais (Foto: Divulgação)

Serviço
Don’t Turn Off The Light, Nino Cais
Fridman Gallery
287 Spring St – Nova York
Até 3/11/2018
fridmangallery.com

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.