No planeta McLuhan

Mariano Salvador

Publicado em: 01/12/2011

Categoria: artes visuais, Crítica

Pratt Manhattan Gallery de Nova York exibe Resonance: Looking for Mr. McLuhan

Wolfgangplîger_googleimagesearch_2003ongoing(2)

Para comemorar o centenário de nascimento de Marshall McLuhan (1911-2011) e a permanência do pensamento desse teórico visionário dos meios de comunicação, a Pratt Manhattan Gallery de Nova York exibe Resonance: Looking for Mr. McLuhan (Ressonância: Procurando o Senhor McLuhan). A mostra, com curadoria de Berta Sichel, reúne um conjunto de obras multimeios (vídeos, esculturas, fotografias, instalações e filme longa-metragem) que destaca a conexão da arte contemporânea com as ideias de McLuhan. Em especial, frisa a transição da cultura contemporânea com as ideias de McLuhan. Em especial, frisa a transição da cultura impressa para a eletrônica, além da proliferação de imagens no mundo digital e o papel do artista como criador de novos espaços, graças à interatividade e hibridação dos meios.

A tensão entre o livro tradicional e os novos arquivos digitais de informação torna-se evidente em obras como Book Without End (2011), de Terry Berkowitz, em que a artista fecha literalmente o célebre statement O Meio É a Mensagem (1967) em uma tela digital. Wolfgang Plöger, em contraposição, coloca no papel um caleidoscópio de imagens extraídas de ferramenta de busca, na série de livros Google Image Search (Buscador de Imagens Google), de 2003.

Os ecos de uma cultura impressa que se desvanesce podem ser observados no vídeo The Story of the Typewriter Recited by Michael Winslow (A História da Máquina de Escrever Recitada por Michael Winslow), de 2009, e na série de desenhos 1s & 0s, de Ignacio Uriarte. A instalação de Magdalena Pederin, Name Is an Anagram (O Nome É um Anagrama), de 2006, aponta para a desfragmentação do textual no entorno digital.
Essas obras são expostas junto a peças de Nam June Paik, Wolf Vostell, Rafael Lozano Hemmer e Joan Rabascall, entre outros. Uma exposição estimulante que transcende o conceitual da information art para nos sensibilizar com dimensões de fruição que afirmam o legado de McLuhan.

Resonance: Looking for Mr. McLuhan, até 21 de dezembro – Pratt Manhattan
Gallery, Nova York, EUA

Mariano Salvador é jornalista e crítico, escreve para publicações europeias, entre elas o Cahiers du Cinema Espanha. Foi assistente de curadoria do Departamento de Audiovisual do Museo Reina Sofia.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.