Novos episódios da série Afronta!

Toda segunda-feira, uma entrevista com novos pensadores e artistas negros contemporâneos, na TV Preta e no Canal Futura

Da redação
A cantora, compositora, rapper e apresentadora Karol Conka é a entrevista do episódio 26 de Afronta! (Fotos: Preta Portê Filmes)

Artistas e pensadores negros contemporâneos protagonizam a série Afronta!, escrita e dirigida pela cineasta Juliana Vicente. De caráter documental, a série traz entrevistas com pessoas como a música Liniker, a atriz Dani Ornellas e a bailarina Ingrid Silva.

Até o começo de fevereiro, 13 episódios de 15 minutos já haviam sido lançados e disponibilizados online nos sites do Canal Futura e na TV Preta. A partir de 5/3/18, os próximos 13 episódios da 1ª temporada de Afronta! passam a ser lançados toda segunda-feira, às 21h45, nas mesmas plataformas.

A série propõe a criação de novas narrativas para a cena negra contemporânea a partir de reflexões sobre representatividade, empreendedorismo, pertencimento e ancestralidade. Afronta! é pautada pelo movimento estético e filosófico Afrofuturismo, que combina tecnologia com elementos históricos da cultura afro.

Conheça alguns dos participantes:

  • Episódio 7 traz a maquiadora e empreendedora Daniele DaMata
  • Episódio 24 traz Erica Malunguinho, fundadora do Aparelha Luzia, quilombo urbano, lugar de encontro e espaço cultural
  • Episódio 12 traz a atriz, diretora e dramaturga Grace Passô
  • Episódio 1 traz a cool hunter, blogueira, modelo e dona da marca Dresscoração Loo Nascimento
  • Episódio 18 traz a cool hunter, youtuber e influencer Magá Moura
  • Episódio 22 traz Raquel Virgínia, cantora e compositora do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira
  • Episódio 3 traz o rapper, mc e beatmaker Rincon Sapiência
Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.