Novos premiados

Prêmio FOCO Bradesco ArtRio anuncia os artistas premiados com um período de residência e uma bolsa auxílio para desenvolverem seus trabalhos

Da redação

Publicado em: 21/09/2016

Categoria: Da Hora, Destaque, Notícias Quentes

Romy Pocztaruk - Formação Geológica (Foto: Divulgação)

Em sua quarta edição, o Prêmio FOCO Bradesco ArtRio anuncia a lista dos três artistas selecionados pelo comitê de premiação, que serão contemplados com um período de residência em três grandes instituições: Ivan Grilo, na Chão SLZ, em Maranhão; Jaime Lauriano, na Casa Wabi, no México; e Romy Pocztaruk, na Despina, no Rio de Janeiro. Os artistas também contam com uma bolsa auxílio para que se dediquem exclusivamente às suas pesquisas ao longo da estadia.

Com direção geral do curador do prêmio, Bernardo Mosqueira, o comitê de seleção inclui um representante de cada uma das instituições parceiras que acolherão os artistas: Consuelo Bassanesi (Despina/ Largo das Artes), Samantha Moreira (Chão Luiz) e Pablo León de la Barra (Casa Wabi). A premiação oficial ocorre na ArtRio, no dia 28/9, data de abertura para convidados. Para completar, ao longo da feira, eles recebem um espaço especial para apresentar seus trabalhos.

Para saber um pouco mais, seLecT apresenta um perfil dos vencedores. Confira:

 

Ivan Grilo (Foto: Rafael Jacinto)

(Foto: Rafael Jacinto)

Ivan Grilo
Natural de Itatiba, interior de São Paulo, é graduado em Artes Visuais pela PUC Campinas. Seus trabalhos já figuram em acervos de importantes instituições como o MAM São Paulo, Museu de Arte do Rio e MAM Rio de Janeiro. Além de ser um dos vencedores, Grilo também estará na feira como um dos destaques da Galeria Luciana Caravello, além de recentemente ter inaugurado sua nova individual na sede carioca. O artista apresentou ao prêmio a proposta de seu projeto Segundo Estudo para Baía de um Mar Inteiro, que parte da pesquisa da história do Rio de Janeiro no período da escravidão, quando o Cais do Valongo ainda funcionava como ponto de chegada dos navios negreiros. Com isso, a proposta é realizar uma instalação em que esse momento se cruze também com o conto popular de Chico Rei, antigo líder de uma tribo no reino do Congo que foi sequestrado pelos mercadores de escravos.

 

 

Jaime Lauriano (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Jaime Lauriano
Formado pelo Centro Universitário Belas Artes, em São Paulo, cidade onde reside, o artista também mantém pesquisa baseada nos sistemas de poder e na própria história. A partir disso, enviou a proposta da obra O Que Nos Une Nos Separa – Lo Que os Une Nos Separa, que fala sobre os processos e os impactos da colonização sofridos pela população da América Latina, incorporando em sua pesquisa tanto estudos em questões políticas e sociais, como também uma reflexão sobre como a produção artística do continente lida com essa temática.

 

 

Romy pocztaruk (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Romy Pocztaruk
Mestre em Poéticas Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a artista é natural de Porto Alegre, onde vive e trabalha. Sua poética tem como ponto chave o cruzamento de distintos campos e linguagens, como a ciência e a comunicação, o que confere à sua obra um caráter múltiplo. Ao longo da residência, desenvolverá uma pesquisa que parte de reflexões críticas sobre as relações entre arte, ciência e magia, com foco na forma em que esses três campos lidam com a produção de imagens. A proposta é entender como esses procedimentos se intercalam e se aproximam a ponto de gerar novas realidades.

Tags: , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.