Para além do espaço

Parte das comemorações de 70 anos do Sesc, exposição Campos de Proposições promove calendário de atividades, performances, oficinas e debates

Felipe Stoffa

Publicado em: 15/09/2016

Categoria: Da Hora, Notícias Quentes

Trabalho do O Grupo Inteiro (Foto: Divulgação)

Para sacudir ainda mais as comemorações de 70 anos de atividades do Sesc, a unidade de Ipiranga, em São Paulo, promove a exposição Campos de Proposições, que promete ocupar o calendário dos paulistanos com atividades até dezembro. A iniciativa foi organizada pelo coletivo O Grupo Inteiro, formado pela arquiteta e coordenadora da Escola da Cidade Carol Tonetti; o artista visual e pesquisador Claudio Bueno; a curadora Ligia Nobre; e o artista visual e professor Vitor Cesar. O grupo, que nasceu há dois anos atrás quando seus integrantes passaram a dividir um espaço em comum na Galeria Metróple, já participou e organizou diversas exposições, sempre com objetivo de traçar novas formas de pensar a comunicação poética, a partir de um diálogo entre arte e arquitetura.

Da esq. para a dir., Carol Tonetti, Ligia Nobre, Claudio Bueno e Vitor Cesar, integrantes do Grupo Inteiro (Foto: Divulgação)

Da esq. para a dir., Carol Tonetti, Ligia Nobre, Claudio Bueno e Vitor Cesar, integrantes do Grupo Inteiro (Foto: Divulgação)

Campos de Proposições, nova mostra idealizada pelo coletivo, se organiza para além do espaço expositivo. Durante quatro meses, de setembro a dezembro, o evento oferece performances, atividades, debates, leituras, oficinas, shows e até sessão de cinema. Fora da unidade Ipiranga ocorrem ações e intervenções em lugares como o Monumento da Independência e também atividades ao ar livre. Tudo isso reflete a proposta curatorial de produzir novas reflexões sobre modos de convivência a partir de temas como a esfera pública, a política atual, a história, as relações humanas e até mesmo os próprios objetos.

Vista da instalação Aparelhamento, que integra a exposição (Foto: Marcos Cimardi)

Vista da instalação Aparelhamento, que integra a exposição (Foto: Marcos Cimardi)

A exposição conta com trabalhos como Aparelhagem, instalação inspirada no plenário do congresso nacional no qual o público pode ocupá-la e se manifestar livremente; Trabalhos Involuntários, da britânica Elizabeth Wright, promove um workshop com o público fotografando objetos nas mediações do Sesc para, no final, produzir réplicas em 3D. Também se destaca a obra Independência ou Morte, do artista Bruno Moreschi, que, em parceria com pintores entre a Praça da República e o Parque Trianon, produz um trabalho em construção que dialoga com a pintura homônima de Pedro Américo, de 1888, e só será finalizado em novembro.

Algumas das oficinas serão ministradas pelos convidados Elizabeth Wright e Anthony Davies, professores da Central Saint Martins, universidade de artes em Londres. O convite inaugura a parceria entre a instituição e o Sesc, que já promete futuras ações nos campos da arte e da educação. Também participam da exposição: Aretha Sadick, Clarice Lima, Daniela Mattos, Danielli Mendes, Jerônimo Bittencourt, Jorge Menna Barreto, Coletivo Zebra5, UNAS (União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região) e o músico Rappin Hood. A programação completa está disponível no site do Sesc.

John Graz - Diana, a Caçadora (Foto: William Zarella)

John Graz – Diana, a Caçadora, que integra a exposição (Foto: William Zarella)

Serviço
Campos de Proposições
Sesc Ipiranga
Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga, São Paulo
De 15/9 até 4/12
De terça a sexta-feira, das 7h30 às 21h30; sábados, das 10h às 21h30; domingos e feriados, das 10h às 18h
Tel.: (11) 3340 2000
Programação completa

Tags: , , , , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.