Passeio sociológico

Guilherme Kujawski

Publicado em: 07/05/2014

Categoria: Da Hora, intervenções e projetos

Fred Forest, artista argelino radicado na França, reencena em Nova York passeio sociológico realizado durante a Bienal de São Paulo de 1973

Fred_body

Legenda: Flyer da mais nova sublevação midiática de Fred Forest

Amanhã, dia 8 de Maio, é dia ficar ligado na mais nova ação de Fred Forest, artista midiático francês (nascido argelino). Em princípio, trata-se de uma daquelas “caminhadas sociológicas”, sendo a primeira delas realizada aqui no Brasil, em 1973, durante a Bienal de São Paulo. Imaginou a audácia de um estrangeiro, em plena ditadura militar, encetar uma caminhada pelo centro de São Paulo, acompanhado de dezenas de pessoas carregando placas em branco? Em 2001, o alvo foi o bairro de Williamsburg, em Brooklyn, Nova York.

Fred Forest é mestre na arte do prank como forma de arte. Em 2002, ele propôs uma espécie de “reforma agrária” no Second Life. Foi uma espécie de reencenação virtual de seu projeto Território M2 Artístico, o qual teve início na década de 1970 numa região fronteiriça entre França e Suíça e tinha como mote a venda de “espaços de livre expressão” ao público, iniciativa que obviamente foi obstruída pelas autoridades.

No passeio sociológico de amanhã pela Big Apple, Forest vai estar munido de uma simples bagagem: um Google Glass, dispositivo de realidade aumentada. Vamos ver o que rola. Acompanhe a ação no Twitter através do perfil @sociologicwalk e da hashtag #sociologicalwalk.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.