Peça faz referência ao mito de Lilith

Dirigido por Martha Kiss Perrone, o espetáculo Revolta Lilith é desenvolvido por equipe 100% feminina e mistura música, teatro e cinema

Da redação
Imagem de cena do espetáculo Revolta Lilith, dirigido por Martha Kiss Perrone (Fotos: Divulgação)

Mulheres desobedientes, criminosas, bruxas, secundaristas, normalmente retiradas de grandes narrativas, agora protagonizam a peça Revolta Lilith, de Martha Kiss Perrone. O espetáculo trata do mito de Lilith, a primeira mulher de Adão, que se recusou a ser submissa e fugiu do Paraíso, partindo para o deserto. A peça é dividida entre os atos Fuga do Paraíso, Exílio e Revolta. Uma câmera acompanha as atrizes em cena, enquanto as imagens são projetadas ao vivo. O coletivo Fronte Violeta é encarregado da música, também ao vivo. A equipe por trás da obra é inteiramente composta de mulheres.

Serviço
Revolta Lilith, de Martha Kiss Perrone
Até 25/3
Casa do Povo
Rua Três Rios, 252 – São Paulo

casadopovo.org.br

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.