Pedras e diamantes

Isaac Julien lança novo filme Stones Against Diamonds nos Estados Unidos, paralelamente à Art Basel Miami, e traz como inspiração carta de Lina Bo Bardi

Publicado em: 03/12/2015

Categoria: Da Hora

Tags: , , ,

Stones Against Diamonds, de Isaac Julien 

Após passar pela Art Basel 2015 e pela 56a Bienal de Veneza, o filme Stones Against Diamonds, de Isaac Julien, inaugurou nos Estados Unidos no último dia 1, paralelamente à Art Basel Miami. O trabalho foi inspirado em uma carta escrita pelo arquiteta italiana radicada no Brasil Lina Bo Bardi, na qual ela relata sua preferência por rochas e elementos naturais ao invés de pedras preciosas. Lina ainda conta como gemas semipreciosas inspiraram seus projetos e ajudaram a repensar o design.

A partir do relato da arquiteta, Julien decidiu gravar sua obra na maior caverna de gelo da Europa, na Islândia, com uma equipe de mais de 40 pessoas, entre elas a atriz Vanessa Myrie, figura importante em vários trabalhos do artista britânico. O filme estuda o processo subconsciente na produção criativa. Para Julien, a carta de Bo Bardi é representada por uma metáfora para o inconsciente, e justamente por isso escolheu filmar nas profundezas da caverna de gelo que recebeu escadas em espiral e cavaletes de vidro em referência ao trabalho da arquiteta.

O filme fica em cartaz até dia 5 de dezembro na Jewel Box, National Young Arts Foundation, em Miami.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.