Perfil: María Paz Gaviria

Sob a direção da historiadora da arte, ArtBO consagra-se como plataforma de visualização para o que há de melhor na produção latino-americana

N° Edição: 27

Publicado em: 04/01/2016

Categoria: A Revista, Mercado de Arte, Selects

Foto: Divulgação

O interesse de María Paz Gaviria pela arte vem de berço. Seu pai, o ex-presidente da Colômbia César Gaviria Trujillo, é colecionador de arte latino-americana e proprietário da Galeria Nueveochenta, desde 2007. Quando assumiu a direção da Feira Internacional de Arte de Bogotá em 2012, a jovem historiadora da arte começou a imprimir ao evento qualidades próprias. Para María Paz, o sucesso do modelo dinâmico e altamente qualificado da ArtBO deve-se ao fato de ser realizada por uma Câmara de Comércio, e não pela iniciativa privada. “A ArtBO enquadra-se no objetivo da Câmara de Comércio de Bogotá de fortalecer as indústrias culturais e criativas da cidade e posicionar a capital como um destino para cultura e negócios”, diz à seLecT.

O projeto está funcionando. Um sinal disso é que a ArtBO já conta com quatro feiras-satélites de arte contemporânea. É pouco se comparado a Miami, que tem cerca de 20 feiras-satélites à Art Basel Miami Beach. Mas, sem dúvida, desenha um panorama comercial mais pungente do que São Paulo. Paralelamente ao surgimento da ArtBO, a Câmara de Comércio também investiu no programa Artecámara, para promover e tornar visível o trabalho de jovens promessas da arte sem representação comercial. Já a seção Referentes, espaço curatorial reservado a obras determinantes produzidas entre 1920 e 1980, compensa a ausência de galerias do mercado secundário. “A ArtBO, obviamente, tem um caráter contemporâneo que reflete o panorama artístico da cidade e, em particular, do mercado e do colecionismo, que se concentram no pop e no contemporâneo. Por isso é importante empreender esforços para criar um contexto histórico que permita ler os fenômenos atuais”, diz ela.

*Publicado originalmente na #select27

Tags: , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.