Por uma outra abordagem do trabalho educativo em museus

Redação

Publicado em: 13/02/2014

Categoria: Cursos, Da Hora

Curso na Escola São Paulo procura desconstruir métodos “educativos” em vigor nas instituições de arte

Levi_body

Legenda: Legenda: Capa de O pensamento selvagem, de Claude Lévi-Strauss, um dos livros que compõem a bibliografia do curso Agenda Crítica por uma Pós-pedagogia

A maioria dos interessados em temas como curadoria e história da arte já conhecem a qualidade dos cursos livres ministrados pela crítica de arte, professora e curadora Lisette Lagnado (que bom que ela ainda encontra tempo para colaborar na seLecT! Super recomendada a sua reflexão sobre os projetos de museus de Lina Bo Bardi na última edição da revista). 

Pois bem, Lisette acabou de montar um grupo de leituras que tem como objetivo capacitar os que desejam desenvolver projetos independentes de arte contemporânea, especialmente projetos de exposições que incluem em suas agendas a recepção pedagógica do público (é sabido que o engajamento do curador também passa pela reformulação de abordagens educativas).

O curso, que tem o sugestivo nome de Agenda Crítica por uma Pós-pedagogia, começa em Março na Escola São Paulo. Ao final, os participantes podem propor uma atividade em torno de uma exposição em cartaz apropriando-se dos conceitos levantados durante as discussões. Veja os detalhes do programa, horários e custos aqui.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.