Presidenciáveis com planos para a cultura

Apenas 5 dos 13 candidatos à presidência apresentam projetos para a cultura em seus programas de governo

Publicado em: 21/09/2018

Categoria: Da Hora, Destaque, Notícias Quentes

Ciro Gomes, Guilherme Boulos, Fernando Haddad, João Goulart Filho e Marina Silva (Fotos: Reprodução)

A Folha de S. Paulo publicou reportagem no dia 19/9 sobre as proposições dos candidatos à presidência para a cultura. Em seus planos de governo, apenas 5 dos 13 presidenciáveis listam ações para o setor, enquanto muitos sequer mencionam o assunto.

Na lista dos que deixaram a cultura de fora de suas propostas estão Cabo Daciolo (Patriota), Henrique Meirelles (MDB) e Jair Bolsonaro (PSL), que já fez declaração pública prometendo substituir o Ministério da Cultura por uma secretaria vinculada ao Ministério da Educação.

Por sua vez, os candidatos Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos (PSOL), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e João Goulart Filho (PPL) propõem ações para o setor.

O texto da Folha menciona propostas sobre museus, leis de incentivo, Ministério da Cultura, censura e orçamento. Além disso, os autores da matéria Eduardo Moura, Isabella Menon, Guilherme Genestreti, Maria Luísa Barsanelli e Maurício Meireles, fizeram perguntas sobre o assunto a todos os candidatos e lhes deram a oportunidade de apresentar projetos. Leia a reportagem completa aqui.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.