Primeira dama da arte holandesa

Nina Gazire

Publicado em: 17/04/2013

Categoria: Da Hora, oportunidades

Madelon Vriesendorp realiza palestra em São Paulo com mediação de Guilherme Wisnik

Basar_l

Legenda: Obra We filnd wildness, de Madelon Viesendorp.

Madelon Vriesendorp é uma das principais artistas holandesas da atualidade. É mais conhecida por ser uma das co-fundadoras do Office for Metropolitan Architecture-OMA, no início de 1970, ao lado do arquiteto Rem Koolhaas, com quem é casada, e dos pintores Elia e Zoe Zenghelis Zenghelis. Atualmente o OMA, além de Rotterdan, possuí filiais em Hong-Kong, Pequin e Nova York. Suas obras mais famosas são a pintura Flagrant Delit, que foi usada como ilustração da capa de Delirious New York, o livro que Rem Koolhaas escreveu em 1975 e sua pintura em grande escala está eternizada na torre do teatro Netherlands Dance Theatre, em Haia.

Atualmente, ela é uma das integrantes da exposição “The insides are on the outside”, em cartaz na Casa de Vidro, Madelon Vriesendorp passará por São Paulo em abril. Viesendorp vem realizando uma profunda pesquisa sobre a obra de Lina Bo Bardi que resultou  na exposição “Lina Bo Bardi: together”, feita em parceria com Noemi Blager, originalmente montada na galeria do British Council em Londres, e atualmente itinerando por várias cidades do mundo. Seu interesse pela obra de Lina despertou a atenção do curador Hans Ulrich Obrist, que a convidou para integrar a exposição em cartaz na Casa de Vidro, onde a artista apresenta o trabalho “Em busca de uma cadeira”.

No próximo dia 19 de abril, às 10h, Vriesendorp realiza uma palestra na Escola São Paulo, com mediação de Guilherme Wisnik, crítico de arte e arquitetura e um dos co-curadores da exposição em cartaz na Casa de Vidro.

Serviço:

Palestra Madelon Vriesendorp
Onde: Escola São Paulo
Quando: Sexta-feira, dia 19 de abril
Horário: 10h às 11h30
Entrada gratuita
Inscrições aqui

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.