Projeto Permanências & Destruições

Nos dias 4 e 5 de junho, três artistas ocuparão a Ilha do Sol, no Rio de Janeiro

Publicado em: 02/06/2016

Categoria: Agenda

Ilha do Sol, antiga residência da artista Luz del Fuego (Foto: Reprodução)

A partir de 4 de junho, o Rio de Janeiro será, novamente, lugar de experimentações que pensam a arte em contato com outras disciplinas, a partir do projeto Permanências e Destruições, que teve sua primeira edição em 2015.

A próxima ocupação ocorre nos dias 4 e 5 de junho, na Ilha do Sol, que foi residência da artista Luz del Fuego, mulher libertária, figura mítica da cidade do Rio de Janeiro, dançarina e fundadora do primeiro reduto naturista do Brasil. Para a atual edição, com curadoria de João Paulo Quintella, foram convidados os artistas Aleta Valente, Jonas Arrabal e Ronald Duarte que realizam intervenções no lugar.

Para acessar a ilha, barcos estão partindo da Urca entre 10h e 14h30, durante os dois dias. O translado é gratuito e a lotação é de 50 passageiros por viagem. 50 senhas serão distribuídas 30 minutos antes de cada partida.
Os traslados tomam 1h20, em média.

Serviço
Permanência & Destruição
Ilha do Sol, Rio de Janeiro
4 e 5 de junho
Sábado e domingo
Informações: Como Chegar na Ilha

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.