Reconhecimento acadêmico

Ana Mae Barbosa, pioneira nos estudos sobre arte educação, profere aula magna e recebe homenagem no IED

Felipe Stoffa
Ana Mae Barbosa (Foto: Reprodução)

Por ocasião da DW! (Design Weekend), que acontece em São Paulo entre 10/8 e 14/8, o Instituto Europeo di Design abre a semana com aula magna proferida pela professora, pesquisadora e educadora Ana Mae Barbosa, que conversa com o público sobre o tema O Design na Arte-Educação. A ideia é abordar o design como uma possível temática dentro das metodologias de ensino da arte.

Ana Mae Barbosa, prestes a completar 80 anos, é referência nacional e internacional no campo da arte educação. Começou sua carreira como professora de ensino básico, quando também teve aulas com Paulo Freire, figura que manteve longa relação. A partir dai, desenvolveu uma metodologia de ensino de arte na qual compreende a relação entre teoria, o fazer artístico e a compreensão e apreciação de uma obra, abordagem denominada triangular.

Sua trajetória não para por ai. Além de lecionar na Universidade de São Paulo, a pesquisadora dirigiu o Museu de Arte Contemporânea (MAC) entre 1987 e 1993. Foi nesse momento que sistematizou o ensino e acompanhamento educacional de arte dentro do museu, serviço que até então nenhuma outra instituição brasileira oferecia. Foi autora pioneira de diversos livros sobre metodologia em arte educação, e até hoje, apesar de aposentada, orienta pesquisas em pós graduação na ECA-USP.

Além de sua palestra no IED, a autora foi homenageada com o prêmio Ícone da Educação, lançado pela própria instituição. A partir deste ano, o prêmio será oferecido anualmente à personalidades que se destacaram com suas contribuições ao universo acadêmico.

Serviço
O Design na Arte-Educação
Instituto Europeo di Design
Rua Maranhão, 617, Higienópolis, São Paulo
Quarta-feira, 10/8, às 17h
Tel.: (11) 3660 8000

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.