Releitura contemporânea

Coletiva na Valu Oria Galeria de Arte entra em última semana com obras de 34 artistas

Da redação
Desatar Tiempos, de Beth Moysés (Foto: Beth Moysés/ Divulgação)

Realizada anteriormente em paralelo à Bienal de SP, a coletiva Núcleos Contemporâneos IV entra em sua última semana na Valu Oria Galeria de Arte. Com nomes de peso como Anna Bella Geiger, Beth Moysés e Nazareth Pacheco, a exposição tem curadoria da própria diretora do espaço e resgata o período em que foi originalmente montada.

Da série Cavando a Mídia, de Tadeu Jungle (Foto: Tadeu Jungle/ Divulgação)

Da série Cavando a Mídia, de Tadeu Jungle (Foto: Tadeu Jungle/ Divulgação)

A mostra reapresenta tanto trabalhos de artistas que participaram da edição como também acrescenta novos nomes marcantes na trajetória da galeria. Ao todo, são reunidos trabalhos de 34 artistas, produzidos em diversos formatos como desenhos, pinturas, objetos, gravuras, fotografias e vídeos.

O visitante pode conferir as obras de: Alex Cerveny, Anarrê, Celso Orsini, Claudio Mubarac, Cristina Rogozinski, Eliane Prolik, Eva Castiel, Fernando Velloso, Frederico Pinto, Fulvia Molina, Gabriela Costa, Helena Martins Costa, Heloisa Alcântara Machado, Hugo Fortes, José Roberto Aguilar, Josely Carvalho, Luis Esteves, Luiz Hermano, Marcia Pastore, Marco Buti, Minidi, Monica Mansur, Paulo Cesar Soares, Paulo Humberto, Paulo Miranda, Rosa de Luca, Santuza Andrade, Shirley Paes Leme, Tadeu Jungle, Vera Martins, Vicente Kutka e Victor Ribeiro.

Serviço
Núcleos Contemporâneos IV
Valu Oria Galeria de Arte
Rua Groelândia, 530, São Paulo
Até 3/12

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.