Top 15 do mundo

Mostras no MAC USP e no Itaú Cultural estão entre as 15 melhores de 2016, em lista do portal norte americano Hyperallergic

Da redação
Mudança Para um Bairro Distante (1967), gravura de Evandro Carlos Jardim em exposição no MAC-USP (Foto: MAC-USP)

Sob o olhar abrangente, inclusivo e descentralizador do Hyperallergic, conceituado portal americano dedicado à cultura contemporânea, duas exposições realizadas em instituições brasileiras mereceram destaque em 2016. Editores e críticos do veículo, elegeram Goeldi / Jardim – A Gravura e o Compasso, no MAC-USP; e Calder e a Arte Brasileira, curadoria de Luiz Camillo Osorio no Itaú Cultural, entre as 15 melhores do mundo no ano passado.

A primeira, ainda em cartaz no Museu de Arte Contemporânea da USP até 28/3, aparece em nono lugar, enquanto a exposição dedicada ao norte americano Alexander Calder, encerrada em outubro passado, ocupa a 12º posição, antes de Frank Stella em Varsóvia; Farideh Lashai, na Sharjah Art Foundation; e Jaannus Samma no Museu de Ocupações, na Estônia.

“A comparação agora parece óbvia: Calder e os neoconcretistas brasileiros. Mas ela nunca tinha me ocorrido antes da exposição no Itaú Cultural, em São Paulo”, escreveu Elisa Wouk Almino.

A mesma crítica aponta sobre a insuspeita aproximação entre os trabalhos do carioca Goeldi e do paulista Jardim: “Mesmo que esta exposição tenha apenas duas modestas salas, cada uma das gravuras revela um universo de riquezas”.

A seleção ainda completa mostras realizadas em cidades como Paris, Toronto, Marrakech, Torino, Barcelona, Moscou e Cidade do México. Confira a lista completa no site do portal. Que venha 2017!

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.