seLecTs

Dicas da semana (1/2) selecionadas pela redação

Da redação
Espaço Tempo (2017), de Carlos Nader e Teo Nader (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO
Auto
Carlos Nader, até 17/3, Galeria Lume, Rua Gumercindo Saraiva, 54 | galerialume.com
O cineasta paulistano Carlos Nader retorna ao espaço expositivo para a individual Auto. A mostra conta com seis obras, três delas inéditas e uma realizada em parceria com seu filho Teo, portador de autismo.

HomeMulher (2018), de Almandrade (Foto: Everton Ballardin)

SÃO PAULO
PALAVRA-COISA
Até 17/3, Carbono Galeria, Rua Joaquim Antunes, 59 | carbonogaleria.com.br
As dimensões verbais, sonoras e plásticas que unem literatura, música e artes visuais são o foco da exposição PALAVRA-COISA, curada por Daniel Rangel. A coletiva é composta por obras de 8 artistas, entre os quais estão Almandrade, Antoni Muntadas e Lenora de Barros.

Ideograma (2018), de Maria Noujaim (Foto: Pedro Vilain)

SÃO PAULO
Especular
Recomeços: Quatro Inícios, de Maria Noujaim
De 3/2 a 24/3, Galeria Jaqueline Martins, Rua Dr. Cesário Mota Junior, 433 | galeriajaquelinemartins.com.br
Duas exposições abrem simultaneamente na Galeria Jaqueline Martins. Uma delas, intitulada Especular, trata-se de uma coletiva que resulta de diálogos entre as curadoras Hena Lee, Mirtes Marins de Oliveira e a galerista Jaqueline Martins. Já a outra, Recomeços: Quatro Inícios, é a primeira individual de Maria Noujaim. A artista apresenta quatro performances a partir de aplicações de vinil sobre as paredes do espaço. As ações acontecem nos dias 20/2, 28/2, 3/3, 15/3 e 24/3.

Muro das Lamentações, 2017 (Foto: Henrique de Campos)

SÃO PAULO
Tão Distante, Tão Próximo
Henrique de Campos, até 17/3, Galeria na Fresta, Rua Fradique Coutinho, 1390 | nafresta.com
A exposição Tão Distante, Tão Próximo traz 25 fotografias de Henrique de Campos que documentam o cotidiano de projetos assistenciais ao redor do mundo. As imagens mostram desde campos de concentração na Jordânia até o dia a dia de ONGs em Cuba.

Rio Inhomirim, por Rugendas (Foto: Divulgação)

RIO DE JANEIRO
Rugendas, Um Cronista Viajante
Até 11/3, CAIXA Cultural Rio de Janeiro, Av. Almirante Barroso, 25 | caixacultural.gov.br
Com curadoria de Angela Ancora da Luz, exposição apresenta 50 obras de Johann Moritz Rugendas (1802-1858). O pintor, desenhista, ilustrador, aquarelista e litógrafo foi um dos primeiros artistas a divulgar imagens do Brasil no exterior, ao lado de Debret.

Sugarloaf Ball, fotografia registrada em 1991, no Rio de Janeiro, por Claudio Edinger

RIO DE JANEIRO
Vadios e Beatos
De 3/2 a 17/4, Galeria da Gávea, Av. Marquês de São Vicente, 432 | galeriadagavea.com.br
Exposição coletiva com curadoria de Marcelo Campos trata sobre ritos identitários no Brasil, especialmente o Carnaval. Entre os artistas participantes estão Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, Carlos Vergara e Claudio Edinger.

RIO DE JANEIRO
Abre Alas 14
De 3/2 a 10/3, A Gentil Carioca, Rua Gonçalves Ledo, 11 e 17 | agentilcarioca.com.br
A Gentil Carioca começa o ano com a nova edição do Abre Alas. Desta vez, a exposição tem curadoria de Clarissa Diniz, Cabelo e Ulisses Carrilho. No dia 3 de fevereiro acontece a abertura da mostra a partir das 18h, com direito a atração musical, concurso de fantasias e performance de danças orientais.

Obra de Ivan Henriques extrai energia limpa de bactérias (Foto: Divulgação)

RIO DE JANEIRO
Bienal de Arte Digital
De 5/2 a 18/3, Oi Futuro Flamengo, Rua 2 de Dezembro, 63 | bienalartedigital.com
Promovida pelo Festival de Arte Digital, chega ao Oi Futuro a 1ª edição de bienal focada em linguagens híbridas. Além de uma exposição com trabalhos selecionados por edital, o evento promove performances e simpósios a partir do dia 5/2. Confira a programação completa pelo site.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.