seLecTs – agenda da semana (24/1/2019)

Regina Silveira, Serge Salat, Chiara Banfi, Marilá Dardot, Punk Rock no Brasil, Lovely House, Cecily Brown, Mariana Edinger, Bolsa Pampulha

Da redação
Vista de Up There (2019), de Regina Silveira, no Farol Santander (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO
Além do Infinito
Trabalhos de Regina Silveira e Serge Salat, até 5/5/2019, Farol Santander, Rua João Brícola, 24 | farolsantander.com.br
Exposição de arte imersiva apresenta dois trabalhos que ocupam espaços de 330m² cada. Up There, de Regina Silveira, trata-se de uma narrativa de 3 minutos ao som de trilha do pianista Rogerio Rochlitz. E a instalação sensorial Beyond Infinity, do francês Serge Salat, é constituída de espelhos, luzes, música e arte fractal, que mescla matemática e computação. No sábado, 26/1, às 11h, os dois artistas falam sobre suas trajetórias.

Minha Biblioteca Francesa (2018), de Marilá Dardot (Foto: Divulgação Galeria Vermelho)

SÃO PAULO
The Runout, individual de Chiara Banfi
A Pronúncia Do Mundo, individual de Marilá Dardot
Até 2/3/2019, Galeria Vermelho, Rua Minas Gerais, 350 | galeriavermelho.com.br
Chiara Banfi exibe recorte de trabalhos que derivam de discos de vinil e problematizam o que seria a imagem do silêncio. Simultaneamente, Marilá Dardot mostra trabalhos feitos com livros publicados em idiomas que ela não domina. A artista formula novas compreensões literárias. Na Sala Antonio, a Vermelho também expõe Timewaves (Capítulo II), da dupla Angela Detanico e Rafael Lain.

 

Logotipo do Crude Reality, fanzine da década de 80 (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO
Não Temos Condições De Responder A Todos
Exposição sobre movimento Punk Rock no Brasil, até 5/3/2019, Sesc Consolação, Rua Dr. Vila Nova, 245 | sescsp.org.br/consolacao
Com curadoria de Alexandre Cruz Sesper, vocalista da banda Garage Fuzz, a exposição reúne fanzines, fitas K7´s, vinis, cartazes, cartas e fotografias que resgatam o passado do movimento Punk Rock no Brasil. Original dos anos 1980 e 1990, o material é do acervo de Cruz Sesper e de colaboradores. A mostra terá programação paralela com oficinas criativas relacionadas ao tema, palestras e shows de punk nacional e internacional.

Fotografia de Mario Scavone

SÃO PAULO
Lovely House – Aniversário de São Paulo
Venda de fotografias, 26/1/2019, das 12h às 20h, Galeria Ouro Fino, Rua Augusta, 2690 | lovelyhouse.com.br
A casa de livros Lovely House comemora o aniversário de São Paulo com programação especial. O espaço convidou mais de 30 artistas para ceder e vender trabalhos que tenham relação com a celebração a R$250. A verba arrecadada destina-se à manutenção do projeto Conversas na Ouro Fino, que acontece quinzenalmente no local. Entre os artistas confirmados estão Guto Lacaz, Gal Oppido, Claudia Jaguaribe e André Penteado. No mesmo dia, às 16h, acontece a 6ª edição do Conversas na Ouro Fino, em que o arquiteto Kazuo Nakano, o artista Dudx, representante do Centro Cultural Ocupa Ouvidor 63, e o artista urbano Iaco Viana discutem ocupação em São Paulo.

There’s No Right Way to Do Me Wrong (2014), de Cecily Brown (Foto: Divulgação Instituto Tomie Ohtake)

PORTO ALEGRE
Se o Paraíso Fosse Assim Tão Bom
Individual de Cecily Brown, Fundação Iberê Camargo, Av. Padre Cacique, 2000 | iberecamargo.org.br
Exposição da artista britânica Cecily Brown chega à Fundação Iberê Camargo depois de passar pelo Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, e pelo Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. A mostra tem curadoria de Paulo Miyada e traz 16 pinturas e oito desenhos que especulam sobre a noção de paraíso.

Blueshadows (2018), de Mariana Edinger (Foto: Cortesia da Artista)

CURITIBA
Soneasta Hotel
Individual de Mariana Edinger, de 29/1/2019 a 1º/3/2019, Boiler Galeria, Al. Presidente Taunay, 314 | boilergaleria.com.br
A artista curitibana radicada em Nova York apresenta primeira individual em sua cidade natal, com pinturas e aquarelas recém produzidas. Seus trabalhos são reinterpretações de retratos femininos apropriados da história da arte e de peças publicitárias. O título da exposição, Soneasta Hotel, reflete sobre lugares alocados em beiras de estradas que simbolizam momentos de passagem e transição.

Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte (Foto: Ricardo Laf)

EDITAL
Bolsa Pampulha 2018/2019
Inscrições até 10/2/2019 | bolsapampulha.art.br
A 7ª edição da Bolsa Pampulha acontece após um intervalo de três anos sem realização. Dez artistas ou coletivos do Brasil serão selecionados pelo edital para realizar uma residência de seis meses em Belo Horizonte, participar de exposição e produzir uma publicação. Os escolhidos receberão bolsas de R$12 mil e mais R$5 mil destinados à realização de uma obra, que passará a integrar o acervo do Museu de Arte da Pampulha como contrapartida. As inscrições são gratuitas e feitas pelo site bolsapampulha.art.br

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.