seLecTs – agenda da semana (25/10/18)

Regina Vater, Bauhaus imaginista, Lasar Segall, 42ª Mostra de Cinema, Arte Aproxima, Patricio Farias, Hudson Rodrigues

Da Redação
Tina América (1976), de Regina Vater (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO
Regina Vater
De 27/10 a 19/1/2019, Galeria Jaqueline Martins, Rua Dr. Cesário Mota Junior, 433 | galeriajaquelinemartins.com.br
Galeria exibe retrospectiva de Regina Vater, com cerca de 50 trabalhos, entre fotografias, vídeos e instalações. Organizada pela galerista Jaqueline Martins, a exposição exibe obras como Tina América (1976), foto-performance em que Vater usa sua própria imagem para representar conjunturas sociais da América Latina. A individual aborda a produção da artista a partir da relação entre criação artística e ação política. A obra de Vater foi tema de portfólio da #seLecT37, leia aqui.

Tapete (1927), desenho de Paul Klee, é o ponto de partida da exposição (Foto: Edward Watkins)

SÃO PAULO
bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos
Até 6/1/2019, Sesc Pompeia, Rua Clélia, 93 | sescsp.org.br
Sesc Pompeia recebe exposição que celebra o centenário da Bauhaus, escola alemã de arquitetura, artes e design, fundada em 1919 e fechada 14 anos depois pelo regime nazista. A mostra faz parte de um projeto internacional de pesquisa dos curadores Marion von Osten e Grant Watson, que desde março deste ano leva exposições, simpósios e debates para países influenciados pela Bauhaus. Ao chegar a São Paulo, o projeto teve contribuição de Luiza Proença, curadora, pesquisadora e escritora brasileira.

SÃO PAULO
Lasar Segall: ensaio sobre a cor
Retrospectiva, até 5/3/2019, Sesc 24 de Maio, Rua 24 de Maio, 109 | sescsp.org.br
Com curadoria da historiadora e crítica de arte Maria Alice Milliet, a retrospectiva de Lasar Segall exibe 87 pinturas, além de desenhos, fotografias e documentos. A exposição tem como foco a questão cromática na produção do artista e divide-se entre os núcleos temáticos “Angústia: a cor emoção”, “Sob o signo dos trópicos: a paleta nacional”, “Compaixão: a não cor” e “Introspecção: a cor Segall”. Em cada eixo, a curadora também mostra trabalhos de outro artista brasileiro em diálogo com as obras de Segall.

Cena do filme A Caixa de Pandora (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO
A Caixa de Pandora
Exibição do filme de Georg Wilhelm Pabst, 27/10, Parque do Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n | auditorioibirapuera.com.br
Como parte da programação da 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, acontece projeção de cinema ao ar livre na plateia externa do Auditório Ibirapuera no sábado, 27/10, às 19h30. O filme exibido será A Caixa de Pandora, do diretor alemão Georg Wilhelm Pabst, e terá acompanhamento musical da Orquestra Jazz Sinfônica, regida pelo maestro Fábio Prado. A entrada é gratuita.

Fotografia da série Bambas, de Hudson Rodrigues

SÃO PAULO
Bambas
Individual de Hudson Rodrigues, até 9/12, MIS, Av. Europa, 158 | www.mis-sp.org.br
Bambas exibe série de 18 fotografias de Hudson Rodrigues, em que o artista aborda a representação do negro no Brasil. A exposição é a 5ª do programa Nova Fotografia 2018 do MIS, destinado a exibir trabalhos de artistas promissores escolhidos por convocatória.

Campo Sagrado, de Robertha Blatt (Foto: Divulgação)

RIO DE JANEIRO
Arte Aproxima
Exposição coletiva, de 30/10 a 30/11, Museu Nacional de Belas Artes, Av. Rio Branco, 199 | mnba.gov.br
A mostra Arte Aproxima, idealizada por Robertha Blatt e curada por Lisette Lagnado, tem como objetivo aproximar o público mais jovem da arte. É proposto um percurso pelas salas do museu em que as pessoas entram em contato com obras de seu acervo e também com novos trabalhos contemporâneos interativos. Os artistas que fazem proposições participativas são Ernesto Neto, Efrain Almeida, Priscila Fiszman, Emilia Estrada, Aline Gonet e a própria Robertha Blatt.

Páginas do livro Patricio Farias (Foto: Divulgação)

PORTO ALEGRE
HNWI
Instalação de Patricio Farias, de 27/10 a 6/1/2019, Fundação Iberê Camargo, Av. Padre Cacique, 2000 | iberecamargo.org.br
A partir do dia 27/10, o pátio da Fundação Iberê Camargo exibe grande instalação de Patricio Farias, com curadoria de Adolfo Montejo Navas. O trabalho chama-se HNWI, referindo-se a high net world individuals,  e traz uma mala de viagem agigantada cheia de dinheiro. No mesmo dia da inauguração da obra, Farias lança livro sobre sua trajetória às 17h . Os 30 primeiros participantes da sessão de autógrafos receberão a publicação como cortesia.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.