Senac promove 11ª edição do Design Essencial

Edição 2016 tem como tema Cores, Contrastes e Combinações e recebe a arquiteta Lilian Ried Miller Barros

Publicado em: 10/08/2016

Categoria: Agenda

Design Essencial 2016 (Imagem: Reprodução)
Com a temática Cores, Contrastes e Combinações, o Senac São Paulo realiza a 11ª edição do Design Essencial de 13/8 até 23/11, em 18 unidades do Senac distribuídas pela capital, Grande São Paulo e interior do Estado. A ação, realizada há 11 anos pela instituição, tem como objetivo discutir o segmento e trazer as tendências e inovações do setor para alunos e profissionais da área. A atual edição recebeu a consultoria da arquiteta Lilian Ried Miller Barros, autora do livro A Cor no Processo Criativo, publicado pela Editora Senac São Paulo. Lilian é doutora em teorias da cor pela USP.
No dia 13/8, a arquiteta abre o evento na sede do Senac São Paulo, região central da capital, com a palestra A cor nos ambientes internos, que abordará como as cores e seus contrastes são percebidos e seu resultado nos ambientes. “As cores e suas combinações esbarram sempre na definição de harmonia, que é um tema subjetivo, cercado por preconceitos e condicionamentos culturais. Podemos combinar as mesmas cores de várias maneiras, utilizando diferentes proporções e associações entre elas”, afirma a arquiteta. A mesma palestra percorrerá ainda as unidades Santana e Santa Cecília, na capital; Osasco e Santo André, na Grande São Paulo; e Americana, Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto, no interior. A programação do evento reúne ainda outras palestras e oficinas ministradas por especialistas do segmento.
Serviço
Design Essencial – Contrastes, Cores, Combinações
Senac
13/8 até 23/11
Inscrições na palestra: Design Essencial

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.