Shoot Yourself no Rio

O documentário de Paula Alzugaray e Ricardo van Steen terá exibição e bate-papo com a diretora, na associação cultural Despina

Da redação
Fotograma do documentário Shoot Yourself (Foto: Divulgação)

O que há em comum entre os artistas Tania Bruguera (Cuba), Gary Hill (EUA), Esther Ferrer (Espanha), Cripta Djan (Brasil), Rebecca Horn (Alemanha), Pipilotti Rist (Suíça), Paula Garcia (Brasil) e Ghazel (Irã)? Todos eles trabalham a questão da documentação -em vídeo, em foto ou inclusive com a não documentação- de suas ações performáticas.

É sobre esse tema que se debruça o documentário Shoot Yourself, dirigido por Paula Alzugaray e Ricardo van Steen (diretora de redação e diretor de arte da seLecT, respectivamente). A produção de 2012 poderá ser disfrutada em exibição que acontece no Cine Club Despina, em 25/5 (quinta-feira), com a presença de Paula Alzugaray, que participará de bate-papo com os convidados. A sessão é realizada pela ArtRio e pelo Canal CURTA!, ambos parceiros da seLecT.

Filmado em São Paulo, Rio de Janeiro e Paris, durante uma residência artística realizada por ambos cineastas no Centre International D’Accueil et D’Échanges dês Récollets, em 2010, o documentário também traz uma análise do mundo atual. A democratização digital e a utilização da câmera, especialmente a de dispositivos celulares, como extensão do próprio corpo também são temas de debate no filme. A atuação dos primeiros artistas de performance que, desde os anos 70, se autodocumentam, também são abordadas.

Serviço
Exibição do documentário Shoot Yourself e conversa com Paula Alzugaray
Cine Clube Despina
Rua Luís de Camões, 2 – Rio de Janeiro
Em 25/5, às 19h30
despina.org

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.