SPFW, a terra do superlativo

Segundo dia de Fashion Week testemunha o encontro do tenebroso e do maravilhoso

Juliana Monachesi

Publicado em: 13/06/2012

Categoria: Crítica, Da Hora

Algumas peças da coleção de Fraga têm a frente toda trabalhada em marchetaria, com efeito pixelado

E a noite de terça-feira foi, inquestionavelmente, de Ronaldo Fraga. Ele voltou para a SPFW (o estilista mineiro preferiu não participar da edição de janeiro) e a fashion week voltou a ter densidade, graças ao desfile de visionário que ele inscreveu na história da moda brasileira hoje, mais uma vez. Fraga está para a moda assim como Lívio Tragtenberg está para a música ou Cildo Meireles está para a arte brasileiras. Pesquisa profunda aliada a descomplicação na hora de apresentar os resultados, estes três artistas são a prova de que simplicidade e síntese são as maiores marcas do gênio.

Ronaldo-fragav13det

Detalhe da figura feminina pressagiada por Ronaldo Fraga: medusa ou diva?

Antes de Turista Aprendiz na Terra do Grão-Pará, título da coleção de Fraga, que fechou o segundo dia de fashion week paulistana, o evento viu desfilarem as apostas para Primavera/Verão 2013 das marcas Paula Raia (em desfile externo, na sede da grife, no Itaim), Movimento, Ellus e Iódice. Os temas do dia coincidiram: água e natureza, abordados de forma chapada na maior parte dos desfiles.

Paula-raiav13

Alicia Kuczman abriu o desfile da Paula Raia

Paula Raia apresentou uma sereia diáfana e vaporosa em vestidos longuíssimos, com decotes acentuados e trechos desfiados na seda bordada que criavam um intervalo transparente na silhueta. Para os looks curtos, a estilista desenvolveu um detalhe na lateral das meias-calças que conferiam uma espécie de halo ao contorno das modelos. Sutileza, também presente nas cores – muito branco, violeta e laranja claros -, que foi arrematada por makes e penteados angelicais.

Ellusv13

Figurino Ellus, que se destacou mais pelos acessórios do que pelas roupas

Seriam aqueles frufrus de couro na cintura dos looks uma peça avulsa ou parte da blusa ou da saia ou do vestido? A estética fundo-do-mar, com vídeo de tubarão ao fundo e música das profundezas (qual será o som das profundezas? No desfile da Ellus, era uma percussão de descompassar as batidas do coração…), se materializou em azuis profundos, texturas que remetiam a corais, estampas de plantas subaquáticas e peixes, além de peças feitas de camadas de transparência, um pouco como na coleção de Tufi Duek. Indisputavelmente lindos mesmo eram os colares e os anéis!

Movimentov13

A moda praia da Movimento trouxe estampas com temática de natureza e pós-praia com shapes quadrados, como macacão e blusa backpack

Iodicev13

A Iódice apostou em cores vibrantes e muito brilho, com tecidos high tech e couro estampado com sobreposição de ilhoses

Amanhã, a seLecT publica um review detalhado do desfile de Ronaldo Fraga e também segue cobrindo as novidades da SPFW. Acompanhe!

Tags: , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.