#tbt Luis Camnitzer: a arte como forma de pensar

O artista, que será palestrante do 3º Seminário de Arte e Educação, foi tema de reportagem em 2017

Da redação

Publicado em: 10/09/2020

Categoria: #tbt, Destaque

O Museu de Arte Moderna de São Paulo exibe versão da obra O Museu É uma Escola durante a exposição Educação como Matéria-prima, de fevereiro a junho de 2016 (Foto: Cortesia Alexander Gray Associates, NY)

Na edição 33 da seLecT, publicada em 2017 e dedicada ao tema Arte e Educação, a editora Paula Alzugaray publicou a reportagem Luis Camnitzer: a arte como forma de pensar, na qual analisa a vontade do artista nascido na Alemanha e criado no Uruguai de devolver à arte sua função de metodologia do conhecimento – a preocupação rege toda sua obra.

Desde os anos 1960, quando realizou um de seus primeiros trabalhos conceituais, This is a Mirror, You are a Written Sentence (1966), Camnitzer tem desenvolvidos obras que recorrem a estratégias micropolíticas para mudar o mundo. “Impondo sutis e pequenas mudanças no corpo a corpo com cada espectador de sua obra, o artista vai fortalecendo seus argumentos para chegar a provocar uma reação em cadeia”, explica Paula Alzugaray no texto.

A poucos dias da abertura do 3º Seminário de Arte e Educação, que terá Camnitzer como um dos palestrantes convidados, vale voltar à reportagem para entender mais sobre o artista que tem em sua produção três engajamentos centrais: a linguagem, a educação e a América Latina. Leia ou releia aqui.

 

Tags: , ,

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.