tbt#25

Fantasmagorias e contatos imediatos com o além enchem de mistério e sabor a seLecT#25

Da redação

N° Edição: 25

Publicado em: 08/07/2021

Categoria: #tbt, Destaque

Fotografias da s rie Bori (2008-2011), de Ayrson Heráclito (Foto: Ayrson Heráclito)

Em edição dedicada ao sobrenatural, a seLecT #25 deu-se o direito de estabelecer alguns contatos de segundo e terceiro graus, dedicando a seção Mundo Codificado às interferências em e funcionamento inusual de máquinas que podem (ou não) configurar uma comunicação com o além, e endereçando a pergunta do Fogo Cruzado – Que Projeto Você Faria Antes de Morrer? – a espíritos célebres como Lou Reed, Chris Burden e Harun Farocki. “Do copo ao chat por computador, vários são os canais de bate-papo com quem já passou desta para melhor. Quanto mais tecnologia no mercado, maior o congestionamento das ondas de comunicação com o lado de lá”, convida o texto de abertura do Mundo Codificado. “Entre os obituários produzidos ao longo dos anos, há alguns personagens que mereceriam, cremos, fazer um pronunciamento post-mortem sobre qual obra realizariam, caso fossem ressuscitados. Não é psicografia, apenas um exercício ficcional”, defende Guilherme Kujawski antes de listar as respostas de seus “entrevistados” no Fogo Cruzado.

Jornalismo de arte também se faz com bom humor, que demanda doses sobrenaturais de inteligência. Por meio deste dispositivo é que a revista consegue, em seguida, alinhavar reportagens sobre The Forbidden Room (2015), longa de Guy Maddin realizado a partir de sessões de espiritismo com a participação dos atores; Sacudimento (2015), díptico performático de Ayrson Heráclito, que, valendo-se de rituais de cura e limpeza espiritual do candomblé, religa duas margens do Atlântico cindidas à força na era colonial ao promover o exorcismo de dois monumentos arquitetônicos ao tráfico de escravos, a Casa da Torre, na Bahia, e a Maison des Esclaves, no Senegal; e potência crítica do psicodelismo e suas relações com o gótico e o ocultismo, na entrevista de Giselle Beiguelman com o o pesquisador Lars Bang Larsen, integrante da equipe da 32a Bienal. Destaque para a Coluna Móvel, assinada por Mário Ramiro, sobre o fantasmagórico na história da arte e do cinema.

Releia aqui.

Capa SeLecT #25

Tags: , , , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.