Território de conflitos

Visita guiada: os principais destaques do Armazém A5 da mostra Geopoéticas

Juliana Monachesi

Publicado em: 21/09/2011

Categoria: Da Hora, exposições e bienais

Hago Mío Este Territorio (2007), de Manuela Ribadeneira
Mercosul60

O Estado das Coisas I (2011), de André Komatsu

A contundência das obras de André Komatsu impregna os ares deste armazém do Cais do Porto. Um muro construído no meio do espaço expositivo torna-se ready-made retificado na intervenção O Estado das Coisas I (2011), em que um trecho do muro é elevado utilizando um macaco hidráulico. Diante da instalação, outra obra do artista, intitulada Ilha -uma mesa com rodas que se movimenta pelo espaço com a força do vento produzido por quatro ventiladores presos no tampo da mesa- contrasta, etérea, com a materialidade do muro subvertido ao fundo, e também evoca noções de territorialidade e de conflito acerca do território, uma vez que avança descontrolada para cima de quem tiver intenção de tomar seu espaço, demarcado de forma propositalmente imprecisa.

Saiba mais sobre as obras deste pavilhão da mostra Geopoéticas na galeria acima, feita especialmente para o site de seLecT.

(Fotos: Juliana Monachesi/Estúdio seLecT)

Tags: , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.