Uma exposição, duas cidades

Exposição coletiva Esse Obscuro Objeto do Desejo segue conceito de emparelhamento e acontece simultaneamente no Rio e em São Paulo

Luana Fortes
Carole Bouquete em cena do filme Esse Obscuro Objeto do Desejo (1977) dirigido por Luis Buñuel (Foto: Criterion Collection, Photofest)

O curador canadense Philip Larratt-Smith traz à galeria Fortes D’Aloia & Gabriel a exposição coletiva Esse Obscuro Objeto do Desejo, que empresta seu título de filme homônimo do diretor espanhol Luis Buñuel. Assim como no longa-metragem, o conceito curatorial da mostra gira em torno de ambivalências e mistérios. No caso do filme de Buñuel, a situação é percebida especialmente no temperamento da personagem feminina principal – interpretada por duas atrizes diferentes, tamanha é a ambiguidade. Já na exposição, o princípio dual tem como ponto de partida a decisão de montá-la simultaneamente em dois espaços e cidades diferentes. A coletiva acontece tanto na Galeria de São Paulo, quanto na Carpintaria, no Rio. “São Paulo e Rio de Janeiro são duas cidades brasileiras que não poderiam ser mais diferentes. Elas tem duas personalidades muito distintas dentro da mesma identidade internacional”, diz Larratt-Smith à seLecT.

De certa forma, o curador enxerga a exposição como uma homenagem à sua experiência no Brasil, que também engloba mecanismos de desejo. “Acho que enquanto estrangeiro, a cidade onde você decide viver sempre apresenta uma qualidade misteriosa”, afirma. “Existem coisas que você não entende e coisas que você super-interpreta. Tudo parece significativo. E é semelhante ao que se sente por um objeto desejado”, continua.

  • Three Inches (Black), 1997, de Douglas Gordon (Foto: Studio lost but found, VG Bild-Kunst, Bonn 2018, Cortesia do Artista e Gagosian Gallery)
  • Untitled ("... you cannot have a peacock anywhere without having a map of the universe.”), feito por Roni Horn entre 2014 e 2016 (Foto: Tom Powel Imaging, Cortesia do Artista, Hauser & Wirth, Nova York)
  • Descanso (2013), de Tacita Dean (Foto: Malcolm Varon, Cortesia do Artista, Frith Street Gallery, London e MarianGoodman Gallery, Nova York)

Em ambos os lugares, na Galeria e Carpintaria, estão exibidas obras de Miroslaw Balka, Tacita Dean, Iran do Espírito Santo, Felix Gonzalez-Torres, Douglas Gordon, Roni Horn, Rivane Neuenschwander e Wolfgang Tillmans. “A ideia não era trazer trabalhos abstratos, porque tem trabalhos não abstratos na exposição, mas trazer coisas que aparentam ser algo diferente do que elas são”, conta Larratt-Smith.

Serviço
Esse Obscuro Objeto do Desejo
De 17/3 a 28/4

Galeria Fortes D’Aloia & Gabriel
Rua Fradique Coutinho, 1500 – São Paulo

Carpintaria
Rua Jardim Botânico, 971 – Rio de Janeiro

fdag.com.br

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.