Utilitários artsy ganham salão em SP

Luciana Pareja Norbiato

Publicado em: 15/08/2013

Categoria: Da Hora, design

Mercado, Arte, Design traz exposições sobre a produção belga e holandesa, além de instalação assinada pela badalada dupla Snarkitecture

Legenda: foto: Noah Kalina

Snarkitecture By Noah Kalina 02_bx

Quem quer ver, conhecer e comprar o melhor da criação utilitária assinada tem até domingo para ir ao Jockey Club de São Paulo. O salão MADE – Mercado, Arte, Design traz à capital paulista os destaques da produção recente em peças únicas ou de tiragem limitada, além de pequenas exposições que abordam recortes de alguns países. O idealizador do evento, Waldick Jatobá, também assumiu a diretoria artística e a curadoria. 

O hit do evento fica por conta da instalação da entrada, idealizada pela dupla Snarkitecture. Os designers norteamericanos Daniel Arsham e Alex Mustonen trabalharam a partir de componentes de produtos inutilizados da Electrolux para criar o ambiente. A marca de eletrodomésticos também ganha instalação do duo em sua flagship store do Jardins, com o mesmo conceito da realizada no Jockey e também curada por Jatobá.

Entre as mostras panorâmicas do MADE, estão Poesia das Formas no Design Belga Contemporâneo e um painel do mobiliário holandês dos últimos cem anos, com curadoria de Ernerstien Idenburg e Gilian Schrofer. No sábado, dia 17, um seminário internacional traz representantes de países como Portugal, Estados Unidos e Holanda para debater design urbano. Nomes como a curadora Adélia Borges e a artista Beatriz Milhazes participam de bate-papos (veja a programação completa no site do evento).

O evento integra o roteiro do São Paulo Design Weekend, que até dia 18 espalha intervenções por toda a cidade.

MADE – Mercado, Arte, Design
Até 18/8 (domingo)
Jockey Club de São Paulo
Avenida Lineu de Paula Machado, 1173, Butantã, SP

Snarkitecture na Casa Electrolux
Até 8/9
Rua Colômbia, 157, Jardim Europa, SP

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.