Verão soltinho e quadradão

Animale, Alexandre Herchcovitch, Tufi Duek, Fause Haten e Triton abrem o SPFW Primavera/Verão 2013

Juliana Monachesi

Publicado em: 12/06/2012

Categoria: Crítica, Da Hora

Ele se inspirou em Boy George, da androginia à silhueta quadradona. Apesar do exagero descabido dos looks “femininos” de Alexandre Herchcovitch, ou talvez por isso mesmo, a primeiro noite de SPFW foi dele. Ao som do melancólico trendsetter londrino, as modelos desfilaram vestidos e chemises largos, em sua maioria de jacquard quadriculado ou xadrez, e muitos acrescidos de um cafona coração recortado e sobreposto em diferentes tamanhos às peças já saturadas de informações da coleção. Perfume clown arrematou o figurino.

Animalev13

Antes de Herchcovitch, teve Animale, assinada por Priscilla Darolt, que foi buscar referências na África do Sul para criar a coleção da marca carioca. De fotografias de zebras, tartarugas, leopardos e outros animais observados nos safáris pelo país vieram padronagens sobre preto concentradas em um trecho apenas da roupa. Além das texturas, a Animale trouxe para a SPFW cores típicas da savana, muitas delas obtidas por meio de tingimento natural (usando folhas de eucalipto, de amora e de mate). As cores sóbrias são compensadas pela flexibilidade da malha de seda e pelo conforto do shape a la fit couture.

Tufi-duekv13

Tufi Duek veio lindo e sutil, o mais leve e feminino desfile da noite. Valendo-se do vocabulário das flores, o estilista Eduardo Pombal abusou das camadas em saias de seda, tule e organza – referências ao enrodilhado das petalas -, e também em detalhes criados com minúsculas lâminas de paetê que imprimiram um adorável ar Charleston à coleção. Nos vestidos com babado no busto, ou maxi-jabot -conforme o jargão da moda-, criados com um único tecido (cerca de 15 metros foram usados para confeccionar cada um deles), a expressão floral fica um pouco menos interessante e mais literal.

Fause-hatenv13

FH por Fause Haten distinguiu-se pelo impecável trabalho artesanal dos primeiros looks, construídos com tiras de viés sobrepostas e costuradas uma a uma. A sequência de looks organizou a paleta de cores de forma original: do colorido caótico ao preto absoluto na entrada de Alicia Kuczman, que fechou o desfile praticamente dançando ao som de Paula Lima, que interpretou ao vivo canção do próprio Fause Haten, intitulada Na Noite. As transparências cobertas por rendas e bordados, assim como a estrutura de corselet, deram ares de século 19 à coleção – o que, misturado ao detalhe das perucas e dos colares africanos, imprimiu uma característica autoral difícil de ser superada.

Tritonv13

O primeiro dia de desfiles da temporada Primavera/Verão 2013 terminou com a marca Triton, assinada por Karen Fuke, que foi buscar no Japão as referências para suas criações. Ao som de Hall of Mirrors, de Siouxsie & the Banshees, desfilaram as estampas desenhadas pelo artista paulistano Lucas Simões – ele fotografou dobraduras de papel laminado em altíssima resolução, que trouxeram efeito ótico para a passarela da ultraurbana Triton. As cores das metrópoles orientais compareceram também na forma de quimonos e outros cortes quadradões e estruturados, que estabeleciam ainda um paralelo com armaduras japonesas. Tudo quebrado pelas saias faceiras e onduladas, megacurtas.

Tags: , ,

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.