Videoarte de Anna Bella Geiger

Galeria Murilo Castro mostra à Minas Gerais um panorama da videoarte brasileira com exposição de Anna Bella Geiger

Luana Fortes
Mapas Elementares nº3 (1976), de Anna Bella Geiger (Foto: Davi Geiger)

A galeria mineira Murilo Castro exibe individual de Anna Bella Geiger focada exclusivamente em videoarte e desta maneira traz um pequeno panorama da linguagem no Brasil. Equipamentos de gravação começaram a entrar no mapa da produção artística nacional por volta dos anos 1970. E como Anna Bella não arreda pé, ela logo mergulhou na novidade. A artista foi uma das primeiras a ter acesso à Portapak, antiga câmera portátil americana e, portanto, a explorar suas possibilidades. Por isso, rever sua produção em videoarte, como propõe individual na Galeria Murilo Castro, é também acompanhar um processo histórico do vídeo no Brasil. Trata-se de uma grande oportunidade de olhar para seus trabalhos como grandes marcos na história da arte brasileira.

Serviço
A história da videoarte no Brasil na obra de Anna Bella Geiger 1974-2017
Até 22/12
Galeria Murilo Castro
Rua Benvinda de Carvalho, 60 – Belo Horizonte
murilocastro.com.br

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.