Virgínia de Medeiros ganha o Prêmio Pipa 2015

A artista foi a grande vencedora da escolha do júri e já havia ganhado pelo voto popular

Luciana Pareja Norbiato
Virginia de Medeiros

Virginia de Medeiros tem muitas razões para comemorar em 2015. Após ganhar o Prêmio Marcantonio Vilaça e ter sua exposição do Prêmio Pipa 2015 eleita como a melhor pelo voto popular (categoria Pipa Voto Popular Exposição), foi a vez do júri oficial deste último eleger a artista baiana de 42 anos a vencedora desta edição.

Pipa

Da esquerda para a direita, os indicados ao Prêmio Pipa 2015: Leticia Ramos, Marina Rheingantz, a vencedora Virginia de Medeiros e Cristiano Lenhardt

Com a premiação, ela ganha R$ 130 mil, valor que inclui uma residência artística na Residency Unlimited, de NY. Ela já havia ganho R$ 24 mil pela vitória no Pipa Voto Popular Exposição.

O júri deste ano do Prêmio Pipa, organizado pelo MAM Rio, foi formado por Luiz Camillo Osorio, curador do museu; Gilberto Chateaubriand, colecionador; Pablo Léon de La Barra, diretor da Casa França-Brasil; Cauê Alves, curador independente; e Rosângela Rennó, artista e curadora adjunta de fotografia do Masp.

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.