Whitney Museum anuncia sua 76a Biennial

Mariel Zasso

Publicado em: 27/12/2011

Categoria: Da Hora, exposições e bienais

Dedicado à arte moderna e contemporânea desde 1932, o Whitney Museum of American Art divulga a lista com 51 artistas selecionados para a exibição

Whitney_by_jerry_thompspn

Projeto de Marcel Breuer e Hamilton Smith (1963–1966), o prédio atual do Whitney, na Madison Avenue, NY, foi considerado sombrio, pesado e até brutal quando ficou pronto (Foto: Jerry L. Thompson/Divulgação)

O Whitney Museum of American Art anunciou a lista dos artistas participantes da Whitney Biennial 2012.

São 51 artistas: Kai Althoff, Thom Andersen, Charles Atlas, Lutz Bacher, Forrest Bess (by Robert Gober), Michael Clark, Dennis Cooper and Gisèle Vienne, Cameron Crawford, Moyra Davey, Liz Deschenes, Nathaniel Dorsky, Nicole Eisenman, Kevin Jerome, Everson, Vincent Fecteau, Andrea Fraser, LaToya Ruby, Frazier, Vincent Gallo, K8 Hardy, Richard Hawkins, Werner Herzog, Jerome Hiler, Matt Hoyt, Dawn Kasper, Mike Kelley, John Kelsey, John Knight, Jutta Koether, George Kuchar, Laida Lertxundi, Kate Levant, Sam Lewitt, Joanna Malinowska, Andrew Masullo, Nick Mauss, Richard Maxwell, Sarah Michelson, Alicia Hall Moran and Jason Moran, Laura Poitras, Matt Porterfield, Luther Price, Lucy Raven, The Red Krayola, Kelly Reichardt, Elaine Reichek, Michael Robinson, Georgia Sagri, Michael E. Smith, Tom Thayer, Wu Tsang, Oscar Tuazon, Frederick Wiseman.

Esta é a 76a edição da série, que teve sua estreia em 1932, como exposição anual, e desde 1973 é celebrada a cada dois anos. O Whitney apresenta uma vasta gama de arte norteamericana contemporânea, com foco especial em obras de artistas vivos nascidos ou radicados nos EUA. Assim, a Whitney Biennial é considerada um excelente recorte (embora geralmente polêmico) para se avaliar o estado atual da arte no país.

Os trabalhos que incluem pintura, escultura, fotografia e instalações tanto de artistas emergentes como consagrados. Além de artistas visuais, esta edição da exposição inclui cineastas, coreógrafos, músicos e dramaturgos, que exibirão suas performances num amplo espaço no quarto andar do prédio.

A curadoria é de Elisabeth Sussman e Gilman Sondra, curadora residente e curador de fotografia do Whitney, e do curador independente Jay Sanders. O trabalho do time começou com a pesquisa e o planejamento ainda no início de dezembro de 2010. Os curadores estão agora trabalhando no filme da mostra, em parceria com Ed Halter e Beard Thoms, co-fundadores da Light Industry, dedicada a cinema e arte eletrônica no Brooklyn. Além do filme, a exposição será acompanhada por um catálogo colaborativo, desenhado por José Logan com a contribuição de cada artista do elenco da bienal

A 76o Whitney Biennial inaugura em 1o de março, no Whitney Museum, em Nova York, e fica em cartaz até 27 de maio.

Saiba mais: Whitney Museum of American Art

Artigo anterior:
Próximo artigo:

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.